Criminosos aproveitam sucesso do Fall Guys para enganar usuários com falsas versões mobile

Criminosos aproveitam sucesso do Fall Guys para enganar usuários com falsas versões mobile

ESET alerta para golpes que estão usando da popularidade do jogo para fazer vítimas

A ESET, empresa líder em detecção proativa de ameaças, alerta sobre uma ameaça que utiliza o jogo Fall Guys e promete uma falsa versão do game para dispositivos móveis. O jogo Fall Guys é uma das sensações do momento, de caráter competitivo, onde vários jogadores se enfrentam em diferentes provas para que seja eleito apenas um vencedor.

“Apesar de ser um jogo muito popular, ele não está em todas as plataformas e são muitos os jogadores que desejam poder utilizá-lo em seus dispositivos móveis para desfrutar da sensação do momento. Como geralmente acontece, tem quem tira proveito da situação. Nessa ocasião, o que ocorre é parecido a um caso do Fortnite que aconteceu há alguns anos”, comenta Camilo Gutiérrez Amaya, chefe do Laboratório de Pesquisa da ESET América Latina.

Os desenvolvedores do Fall Guys tiveram que lembrar a seus seguidores que, até o momento, o jogo estará disponível apenas para PC e PlayStation 4, em um vídeo em que mostravam a suposta versão para dispositivos móveis do jogo.

A ESET enfatiza que se houver uma versão para dispositivos móveis, ela deve ser facilmente encontrada no Google Play, na App Store ou diretamente no site oficial dos desenvolvedores. Porém, se agora você pesquisar o jogo em qualquer uma dessas lojas, as únicas coisas que aparecem são guias, skins de outros jogos e alguns aplicativos de origem duvidosa que tiram proveito da popularidade do jogo.

Resultados do Google Play para a busca “Fall Guys”

Por outro lado, também existem contas do YouTube que oferecem informações sobre como baixar o Fall Guys no dispositivo móvel. Depois de realizar uma rápida consulta de “como baixar Fall Guys”, aparecem, nos resultados de busca, vários vídeos indicando como fazer o download de maneira totalmente gratuita (vale destacar que o jogo original é pago).

Na lista há vídeos que explicam como jogar remotamente de um dispositivo móvel usando aplicativos, embora seja necessário ter o jogo previamente. Outros vídeos aproveitam para promover apps similares ao Fall Guys, na tentativa de se beneficiar de alguma forma do sucesso deste jogo. No entanto, os vídeos que foram analisados pela ESET são aqueles que, aproveitando-se do interesse dos usuários em poder desfrutar do jogo em seus smartphones, promovem aplicativos potencialmente perigosos ou buscam, diretamente, obter algum benefício econômico mediante a realização de enquetes ou instalação de apps que nada têm a ver com o jogo.

Nesses vídeos, é solicitado que o usuário entre em um link para fazer uma “verificação digital” que consiste em responder a várias perguntas de uma enquete. Depois, são deixados alguns links na plataforma de hospedagem de arquivos MediaFire que, supostamente, contêm o instalador, mas o que há, de fato, é um app que foi detectado por algumas soluções de segurança como potencialmente indesejada. Este tipo de app geralmente mostra publicidade indesejada ou é usado pelos cibercriminosos para realizar cliques em determinados anúncios web sem que o usuário se dê conta disso.

Link para o suposto download do jogo leva o usuário a baixar app detectado como potencialmente indesejado

Em outro caso, é feito o convite ao usuário do YouTube para visualizar um vídeo e entrar em um link que direciona a um site com informações para baixar o instalador. A página utiliza capturas reais do jogo em questão, além do logotipo. Porém, não há nenhum tipo de relação com os desenvolvedores originais do Fall Guys e, apesar de oferecer o download do app para dispositivos iOS e Android, ao clicar no botão correspondente a um dos sistemas operacionais, o usuário é levado a outro site onde se apresentam diferentes opções. Nenhuma delas tem relação aparente com o jogo e apenas tentam com que o usuário participe de enquetes que não possuem nenhum benefício e nem o levam a acessar o jogo.

“Como podemos observar, a história em que alguns indivíduos se aproveitam do sucesso de um jogo para obter benefício à custa dos usuários que estão desejando o jogo para dispositivos móveis se repete. Ainda não detectamos aplicações que instalem malware se fazendo passar pelo jogo em questão, mas isso não significa que não existam ou que não possam ser lançadas no futuro. Portanto, é importante estar atento e contar com uma solução de segurança no dispositivo móvel para se proteger dessas ameaças. Até o momento, tal como indicaram as fontes oficiais, o jogo está disponível apenas para PC e PS4″, conclui o chefe do laboratório.